5 de novembro de 2009

Sad True


A realidade é que hoje em dia são tantas as pessoas que ainda estão cheias de preconceitos e não conseguem realizar o pedido de um ser que não tem culpa (ou tem) por aquilo que está a passar.. E na verdade quem somos nós para negar um simples abraço que pode significar tanto para alguém?!

2 comentários:

tanya disse...

Infelizmente ainda andam por aí muitos fantasmas sobre esta doença. Na realidade, o que importa como a pessoa a apanhou, temos todos de aprender a respeitarmo-nos mais e a aceitar a individualidade de cada um!

Girl in Motion disse...

É verdade.
Mas cada vez mais o misticismo à volta da SIDA está a desaparecer, e começamos a perceber que esta doença não é apenas excluvisa de certos grupos de risco, a que estão associados alguns preconceitos...

Enfim, com tempo, vamos lá.