26 de dezembro de 2009

Puro desejo

'' O que é doença é desejar com igual intensidade o que é preciso e o que é desejável, e sofrer por não ser perfeito como se se sofresse por não ter pão. O mal romântico é este: é querer a lua como se houvesse maneira de a obter.'' Fernando Pessoa, in Livro do Desassossego

A verdade é que muitos de nós, uma grande maioria, temos desejos obscuros, daqueles desejos que são tão pessoais e tão mágicos que nos conseguem transformar e fazer acreditar no inatingivel. Por vezes, até deixamos esse desejos apoderam-se de nós, e com o seu poder mudar-nos de uma forma que nos provoca dor e mágoa, sem a sua concretização. Por isso, temos de desejar, desejar com tanta força e com tanta intensidade que pode ser que consigamos realizar todos os nossos sonhos, ou pelo menos os mais importantes, os mais especiais!

2 comentários:

Girl in Motion disse...

ah! tenho este excerto num post no meu blog... já de alguns meses! q giro +.+ gosto muito desta passagem... e embora concorde com ela, é muito difícil segui-la...

Bituca disse...

o pior é quando não conseguimos mesmo que desejemos muitoooo :/

beijinhoo para ti*